25 de janeiro de 2011

And the Oscar goes to...


A Academia de Artes e Ciências Cinematográfica de Hollywood anunciou esta manhã os indicados da premiação mais popular do cinema: o Oscar. Depois de tantas especulações, já sabemos quem está no páreo, os favoritos e os azarões que podem acabar com a festa dos principais nomes deste ano. “O Discurso do Rei”, de Tom Hopper, saiu na frente e foi indicado a 12 categorias, seu nome sempre correu por fora entre os possíveis ganhadores do Oscar de melhor filme, porém a sua vitória no Producers Guild Awards deste ano aumenta, e muito, as suas chances de levar o principal prêmio da noite. A Rede Social, tão alardeado, elogiado e premiadíssimo filme sobre as origens do Facebook (incluindo o Globo de Ouro como melhor filme – drama) perde um pouco a sua força de favorito e somou 8 indicações. Isto não quer dizer muita coisa, o número de indicações apenas significa que tal filme foi lembrado em mais categorias, somente isto (alguém se lembra de 2009 em que “O Curioso Caso de Benjamin Button”, com suas 13 indicações, foi derrotado nas categorias principais por “Quem Quer Ser Um Milionário?” e ainda saiu apenas com 3 estatuetas douradas na mão?). Bem minha torcida continua sendo para “A Rede Social”, claro que quero assistir “O Discurso do Rei” para reforçar ou rever meus conceitos (o trailer, pelo menos, mostra um filme muito delicioso de se ver, além de um elenco que admiro muito), mas o filme de David Fincher segue cativo nas minhas preferências.
Bravura Indômita, dirigido por Ethan e Joel Coen, conseguiu 10 indicações; A Origem, 8 indicações; 127 Horas, 6 indicações; Cisne Negro, 5 indicações e Minhas Mães e Meu Pai, Toy Story 3 e Inverno da Alma; ambos com 4 indicações, completam a lista dos indicados a melhor filme.
Natalie Portman e Colin Firth seguem favoritos como melhor atriz e ator, respectivamente. Ela, pela sua impressionante atuação (que somente pelos trailers já dá para se ter uma ideia da magnitude de seu trabalho). Ele, por não ter sido premiado o ano passado por “Direito de Amar”, mais uma daquelas justiças tardias que a Academia gosta de fazer. Nem o vencedor do ano passado Jeff Bridges (que concorre este ano por “Bravura Indômita”) oferece risco ao ótimo Colin Firth, apesar de eu sentir que o nome de Javier Bardem possa ter certa força e influência na escolha dos votantes da Academia. Vai saber...
A injustiça da vez? Christopher Nolan fora da lista dos indicados a melhor diretor, seu trabalho em “A Origem” deveria ter sido lembrado, pelo forte poder visual que o filme possui, uma orquestração de ótimos atores, efeitos especiais e de uma trama onírica e empolgante do início ao fim. Uma pena, pois Nolan também foi preterido por sua direção por trabalhos tão vigorosos quanto “Amnésia” e “Batman – O Cavaleiro das Trevas”.
Sem contar que o documentário sobre o trabalho do artista plástico Vik Muniz junto a catadores de lixo, “Lixo Extraordinário” (uma co-produção Brasil e Inglaterra), também foi lembrado pelos membros da Academia.
Ainda é cedo para fazer apostas, só sei que vou enlouquecer e querer assistir a todos os indicados deste ano. O que provavelmente não vai acontecer em tempo hábil, até a cerimônia de entrega das estatuetas douradas no dia 27 de fevereiro. Enquanto isso, vamos especulando conforme outras premiações, como a dos sindicatos, o BAFTA, vão divulgando os seus vencedores e nos dê uma ideia de quem pode subir ao palco após ouvir o tão aguardado “The Oscar goes to...”.
Segue a lista com todos os indicados ao Oscar 2011:

Melhor filme
“Cisne Negro”
“O Vencedor”
“A Origem”
“Minhas Mães e Meu Pai’’
“O Discurso do Rei”
“127 Horas”
“A Rede Social”
“Toy Story 3”
“Bravura Indômita”
“Inverno da Alma”

Melhor ator coadjuvante
Christian Bale ("O Vencedor")
Geoffrey Rush ("O Discurso do Rei")
Mark Ruffalo ("Minhas Mães e Meu Pai")
Jeremy Renner ("Atração Perigosa")
John Hawkes ("Inverno da Alma")

Melhor atriz coadjuvante
Melissa Leo ("O Vencedor")
Helena Bonham Carter ("O Discurso do Rei")
Hailee Steinfeld ("Bravura Indômita")
Amy Adams ("O Vencedor")
Jacki Weaver ("Reino Animal")

Melhor diretor
Darren Aronofsky ("Cisne Negro")
David Fincher ("A Rede Social")
Tom Hooper ("O Discurso do Rei")
Joel and Ethan Coen ("Bravura Indômita")
David O. Russel ("O Vencedor")

Melhor atriz
Nicole Kidman ("Reencontrando a Felicidade")
Natalie Portman ("Cisne Negro")
Jennifer Lawrence ("Inverno da Alma")
Annete Benning ("Minhas Mães e Meu Pai")
Michelle Williams ("Blue Valentine")

Melhor ator
Javier Bardem - "Biutiful"
Jeff bridges - "Bravura Indômita"
Jesse Eisenberg - "A Rede Social"
Colin Firth - "O Discurso do Rei"
James Franco - "127 Horas"

Roteiro original
"A Origem"
"Minhas Mães e Meu Pai"
"O Discurso do Rei"
"Another Year"
"O Vencedor"

Roteiro adaptado
"127 Horas" - Danny Boyle, Simon Beaufoy
"Toy Story 3" - Michael Arndt, John Lasseter, Andrew Stanton, Lee Unkrich
"Bravura Indômita" - Joel Coen, Ethan Coen
"Inverno da Alma" - Debra Granik, Anne Rosellini
"A Rede Social" - Aaron Sorkin

Animação
"Como Treinar Seu Dragão"
"O Mágico"
"Toy Story 3"

Direção de arte
“Alice no País das Maravilhas” - Diretor de Arte: Robert Stromberg; Decoração de Set: Karen O'Hara
“Harry Potter e as relíquias da Morte” - Diretor de Arte: Stuart Craig; Decoração de Set: Stephenie McMillan
“A Origem” - Diretor de Arte: Guy Hendrix Dyas; Decoração de set: Larry Dias and Doug Mowat
“O Discurso do Rei” - Diretor de Arte: Eve Stewart; Decoração de Set: Judy Farr
“Bravura Indômita” - Diretor de Arte: Jess Gonchor; Decoração de Set: Nancy Haigh

Fotografia
“Cisne Negro” - Matthew Libatique
“A Origem” Wally - Pfister
“O Discurso do Rei” - Danny Cohen
“A Rede Social” - Jeff Cronenweth
“Bravura Indômita” - Roger Deakins

Documentário
“Exit through the Gift Shop” - Banksy and Jaimie D'Cruz
“Gasland” - Josh Fox and Trish Adlesic
“Trabalho Interno” - Charles Ferguson and Audrey Marrs
“Restrepo” - Tim Hetherington and Sebastian Junger
“Lixo Extraordinário” - Lucy Walker and Angus Aynsley

Filme estrangeiro
“Biutiful” (México)
“Dogtooth” (Grécia)
“Em um Mundo Melhor” (Dinamarca)
“Incendies” (Canadá)
“Outside the Law (Hors-la-loi)” (Argélia)

Maquiagem
“Minha Versão do Amor” - Adrien Morot
“The Way Back” -  Edouard F. Henriques, Gregory Funk and Yolanda Toussieng
“O Lobisomem” - Rick Baker and Dave Elsey

Trilha sonora original
“Como Treinar seu Dragão”- John Powell
“A Origem” - Hans Zimmer
“O Discurso do Rei” - Alexandre Desplat
“127 Horas”- A.R. Rahman
“A Rede Social” - Trent Reznor and Atticus Ross

Canção original
“Coming Home” de “Country Strong” (Música e letra de Tom Douglas, Troy Verges e Hillary Lindsey)
“I See the Light”  de “Enrolados” (Música de Alan Menken e letra de Glenn Slater)
“If I Rise” de “127 Hours” (Música de A.R. Rahman e letra Dido and Rollo Armstrong)
“We Belong Together” de  “Toy Story 3" (Música e letra de Randy Newman)

Curta-metragem de animação
“Day & Night” - Teddy Newton
“The Gruffalo” - Jakob Schuh and Max Lang
“Let's Pollute” - Geefwee Boedoe
“The Lost Thing” - Shaun Tan and Andrew Ruhemann
“Madagascar carnet de voyage (Madagascar, a Journey Diary)” - Bastien Dubois

Curta-metragem
“The Confession” - Tanel Toom
“The Crush” Michael - Creagh
“God of Love” - Luke Matheny
“Na Wewe” - Ivan Goldschmidt
“Wish 143” - Ian Barnes and Samantha Waite

Edição de som
“A Origem” - Richard King
“Toy Story 3” - Tom Myers and Michael Silvers
“Tron: o Legado”  - Gwendolyn Yates Whittle and Addison Teague
“Bravura Indômita” - Skip Lievsay and Craig Berkey
“Incontrolável” - Mark P. Stoeckinger

Mixagem de som
“A Origem” - Lora Hirschberg, Gary A. Rizzo e Ed Novick
“O Discurso do Rei” - Paul Hamblin, Martin Jensen e John Midgley
“Salt” - Jeffrey J. Haboush, Greg P. Russell, Scott Millan e William Sarokin
“A Rede Social” - Ren Klyce, David Parker, Michael Semanick e Mark Weingarten
“Bravura Indômita” - Skip Lievsay, Craig Berkey, Greg Orloff e Peter F. Kurland

Efeitos visuais
“Alice no País das Maravilhas” - Ken Ralston, David Schaub, Carey Villegas e Sean Phillips
“Harry Potter e as Relíquias da Morte - Parte 1” Tim Burke, John Richardson, Christian Manz e Nicolas Aithadi
“Além da Vida - ” Michael Owens, Bryan Grill, Stephan Trojanski e Joe Farrell
“A Origem” - Paul Franklin, Chris Corbould, Andrew Lockley e Peter Bebb
“Homem de Ferro 2” - Janek Sirrs, Ben Snow, Ged Wright e Daniel Sudick

Figurino
“Alice no País das Maravilhas” - Colleen Atwood
“I Am Love” - Antonella Cannarozzi
“O Discurso do Rei” - Jenny Beavan
“The Tempest” - Sandy Powell
“Bravura Indômita” - Mary Zophres

Documentário (curta)
“Killing in the Name”
“Poster Girl”
“Strangers No More”
“Sun Come Up”
“The Warriors of Qiugang”

Edição
“Cisne Negro” - Andrew Weisblum
“O Vencedor” - Pamela Martin
“O Discurso do Rei” - Tariq Anwar
“127 Horas” - Jon Harris
“A Rede Social” - Angus Wall and Kirk Baxter

Nenhum comentário:

Postar um comentário