13 de julho de 2015

Na Estante 41: Vários Escritos (Antonio Candido)


Livro: Vários escritos
Autor: Antonio Candido
Editora: Ouro Sobre Azul
Ano: 2004
Páginas: 272


Antonio Candido figura hoje entre os maiores nomes da crítica literária brasileira e faz parte de uma geração especial de críticos oriundos do ambiente universitário e que contribuíram com um olhar especial para a construção de uma identidade nacional. Candido pode ainda dar-se ao luxo de ter travado contato com os principais nomes do Modernismo brasileiro (Mário de Andrade e Oswald de Andrade, entre eles) e seus escritos mostram a amplidão de sua visão que não somente abarca as letras em língua portuguesa como também passeia pela filosofia, sociologia e história com propriedade.
Vários Escritos, publicado pela editora Ouro Sobre Azul, de sua filha Ana Luísa Escorel, traz alguns dos seus mais conhecidos ensaios que revelam o vasto conhecimento que Candido possui da cultura nacional e do fazer literário. O livro é iniciado por um ensaio sobre Machado de Assis, agregando outro prisma de análise sobre a obra mais que reconhecida do Bruxo do Cosme Velho, fruto da investigação de outros tantos especialistas. Na sequência, a obra poética de Carlos Drummond de Andrade é interpretada em seus temas mais recorrentes; é nesse texto que o leitor vai ter o prazer de vislumbrar uma das melhores definições de poesia já feitas. Candido também rememora a persona polêmica de Oswald de Andrade e o quanto ela se inscreve em seus trabalhos como Memórias Sentimentais de João Miramar e os poemas de Pau Brasil e o Manifesto Antropofágico.
O Uraguai, de Basílio da Gama, e a participação dos poetas árcades brasileiros na célebre Arcádia Romana são temas analisados pelo crítico em mais dois outros ensaios. O famoso texto “O direito à literatura” também consta na publicação e discute a importância da literatura na formação do indivíduo e, por este motivo, torna-se uma necessidade a ser suprida tanto quanto outros meios de sobrevivência priorizados, em partes, pelas autoridades (saneamento, saúde, segurança e educação).
Encerram a coletânea reflexões sobre pensadores brasileiros que flertaram com o radicalismo, o conceito de nacionalismo e suas deturpações ao longo de nossa história e uma análise da trajetória de Sérgio Buarque de Hollanda, a influência de sua estadia em Berlim para a escrita de sua obra posterior, principalmente Raízes do Brasil.
Vários Escritos encerra parte do pensamento influente de Antonio Candido na crítica brasileira, a erudição e o brilhantismo de suas ideias comprovam o porquê dele ser um dos críticos mais respeitados e reconhecidos no mundo acadêmico e literário. Para os estudantes de letras ou os amantes de literatura, este livro é uma ótima pedida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário